Como ter um site de alta qualidade?

Como ter um site de alta qualidade?

Estamos quase em 2021 e você sabe que precisa de um site de alta qualidade para causar um impacto positivo em seus clientes em potencial. Vamos deixar mais claro o que isso significa.

“Alta qualidade” significa algo diferente em 2020 do que em 2010, ou mesmo em 2015. Por exemplo, o design responsivo é obrigatório atualmente, mas nem sempre foi.

Acompanhar os tempos é um desafio. Mas vale a pena o esforço se você quiser começar a ver os resultados. Se isso é algo com o qual você tem dificuldade, é sobre isso que vamos falar neste post.

1. Fácil de usar

Qualquer site de alta qualidade atualmente precisa ser fácil de usar, sem navegação complicada. Sobre o que trata o seu site e como os visitantes podem interagir com ele, precisa ficar claro desde o início. Segue abaixo algumas dicas:

a) Navegação e menus claros

A navegação e os menus aparecem normalmente em algumas áreas comuns, como no cabeçalho ou numa barra lateral. Quando guardados, geralmente são indicados por um menu, que se abre e é compatível com dispositivos móveis. Se sua navegação não for otimizada para celular, sua taxa de rejeição será alta.

b) Familiaridade

Não faça os visitantes se esforçarem para decifrar o que você vai discutir, quais serviços você oferece ou quais produtos você vende. Deixe claro, de frente e no centro, o assunto do seu site. Quanto menos trabalho um visitante tiver de fazer, maior será a probabilidade de conversão.

c) Fluxo de conteúdo intuitivo

Se sua estrutura de conteúdo for incomum, isso pode ser ruim para os clientes em potencial. Em vez disso, dê ao seu conteúdo, incluindo páginas e postagens de blog, um fluxo lógico para que os visitantes possam ir perfeitamente de uma seção para a outra. Pular de um lado para o outro dentro de um tópico ou colocar informações em lugares desconhecidos não terá nenhuma facilidade.

2. Carregamento rápido

Sites de alta qualidade devem ser otimizados para velocidade. Por quê? Bem, se o seu site carregar muito lentamente, os visitantes não ficarão por perto para vê-lo terminar de aparecer em seus navegadores. Isso afeta suas classificações de pesquisa também.

Veja também: 7 plugins para melhorar a performance do seu site WordPress

De acordo com o Google, quanto mais lenta a velocidade do seu site, menor será a sua classificação. Portanto, se o seu site está carregando lentamente, os visitantes estão muito mais propensos a desistir e buscar informações em outro lugar.

Para aumentar a velocidade do seu site, você pode fazer várias coisas, como:

  • Use uma estrutura ou tema otimizado – uma solução orientada para a velocidade preparará seu site para o desempenho.
  • Compactar imagens – imagens menores carregam mais rapidamente.
  • Use LazyLoad – significa que a parte “acima da dobra” do seu site carrega primeiro (e rápido) e o resto à medida que o visitante rola a página.

3. Atende às expectativas do visitante

Desviar demais do assunto prometido causa confusão e frustração, e visitantes frustrados do site simplesmente não acessam mais.

Para evitar isso, certifique-se de atender às expectativas do visitante. Vá direto ao ponto. Isso não quer dizer que você não possa se desviar de seu tópico principal ocasionalmente, mas torná-lo uma coisa regular fará com que você perca visitantes (e clientes) rapidamente.

4. Responsivo e compatível

É necessários que seu site seja responsivo, pois atualmente muitos dos seus visitantes acessam seu site através de dispositivos móveis. Ele deve ter uma boa aparência em todos os dispositivos e a importância disso é triplicada se você tiver um site de e-commerce.

Além disso, deve ser compatível com uma variedade de experiências do usuário, incluindo velocidade de dados, navegadores, dispositivos e muito mais.

Veja também: 5 razões para você ter um site responsivo

5. SEO otimizado

Garantir que seu site funcione bem para os mecanismos de pesquisa significa que as pessoas certas o encontrarão no momento certo. Suas consultas de pesquisa os levam às partes certas do seu site e o conteúdo relevante está lá para atendê-los.

Atender às necessidades dos visitantes e clientes em potencial geralmente depende da otimização correta da pesquisa inicialmente. No nível mais básico, isso significa usar um tema WordPress que acerte a parte técnica de SEO. Dessa forma, você garante que o Google e outros mecanismos de pesquisa possam identificar corretamente o que está em suas páginas e entender seus tópicos.

No entanto, há várias coisas adicionais que você pode fazer para aumentar a probabilidade de os clientes em potencial encontrarem seu site por meio de pesquisa: como direcionar palavras-chave específicas, criar conteúdo aprofundado, aprender sobre SEO na página e usar a marcação de esquema apropriada.

Há muitas ferramentas e plugins de SEO que você pode utilizar, como All-in-One SEO e Yoast.

6. Usando a hospedagem certa

O seu site consegue lidar com um pico de tráfego, como durante uma venda ou quando um conteúdo se torna viral? Se você não tem certeza, agora é a hora de saber.

Isso significa que você precisa adquirir o plano de hospedagem apropriado para o seu tipo de site e níveis de tráfego esperados.

Além disso, acompanhe o desempenho do seu site ao longo do tempo. Seu servidor atual oferece tempo de atividade confiável? Caso contrário, é hora de mudar de plano ou provedor de serviços. O tempo de inatividade excessivo é uma oportunidade perdida.

Fonte

Comentários

Este artigo não possui comentários