Como aumentar a visibilidade do seu site em momentos de crise

Como aumentar a visibilidade do seu site em momentos de crise

Quando os tempos ficam difíceis, você precisa se concentrar na criação do canal de comunicação mais importante para o seu negócio: o seu site.

Embora seu site seja responsável pela grande maioria das vendas e dos leads, nem sempre recebe a atenção que merece.

Portanto, apresentamos algumas maneiras de melhorar a classificação do seu site, para que você possa gerar ainda mais tráfego de alta qualidade:

1. Atualize o conteúdo antigo do seu blog

Você pode atualizar algumas de suas postagens antigas. Semelhante à adição de novo conteúdo, a atualização de postagens é um sinal de que seu site está ativo e de alta qualidade. Isso afeta sua pontuação geral do domínio e muitas de suas classificações de conteúdo, não apenas a classificação da postagem que você atualiza.

Porém, como as atualizações estratégicas podem gerar resultados rápidos de SEO, você também pode priorizar as atualizações de conteúdo com maior probabilidade de obter melhorias nas classificações.

Você pode utilizar uma ferramenta de SEO acessível, como: Mangools ou Ubersuggest, para descobrir e acompanhar seus rankings. As postagens que você pode selecionar são:

  • As postagens que costumavam estar na página 1 do Google SERP, mas que foram desativadas desde então;
  • As que sempre estiveram na página 2 ou 3 do Google SERP;
  • Postagens que não possuem uma frase-chave de destino, mas que você pode otimizar facilmente para ajustar uma frase-chave;
  • Publicações com uma frase-chave de destino muito desafiadora para classificação (na página 4+ do Google SERP) e que você pode alterar para segmentar uma frase-chave de concorrência mais baixa.

2. Melhore a velocidade do seu site

A taxa de rejeição é um fator para a classificação do seu site e para a classificação de páginas individuais. Portanto, se seu site estiver lento aumenta a taxa de rejeição porque as pessoas são impacientes e não querem esperar o carregamento das páginas.

Para melhorar a velocidade da página, você pode reduzir o tamanho dos arquivos de imagens, remover todos os plugins desnecessários do site e melhorar o tempo de resposta do servidor.

Saiba mais: Como melhorar o desempenho do seu site

3. Adicione dados estruturados às páginas

Tenho certeza que você já viu resultados de pesquisa com dados estruturados antes. Pense nas caixas no topo do Google que listam os melhores filmes do ano quando você pesquisa “Melhores filmes de 2019”. Ou aqueles pequenos cartões de receita ou até páginas de resultados de compras.

O uso de subtítulos H2 no seu artigo é uma forma de dados estruturados, porque você informa aos mecanismos de pesquisa qual é a estrutura do seu artigo. Dessa forma, os motores de busca como o Google podem pegar seu conteúdo e criar um snippet. Há um guia do Google que possui ainda mais maneiras de adicionar dados estruturados: Confira.

4. Adicione mais imagens às páginas

Inúmeros fatores podem melhorar a classificação do seu site e a classificação de páginas individuais. Embora as imagens não sejam uma bala de prata, elas são um fator muito conhecido.

Você tem postagens ou páginas com duas imagens ou menos? Vá em frente e adicione imagens relevantes e não esqueça das tags alt, pois desta forma, pode ajudar a ter melhor resultado nas buscas.

5. Melhore a estrutura de todos os URLs

Sua estrutura de links é também uma alteração que você pode fazer para melhorar a classificação do seu site no Google.

Procure postagens e páginas cujos URLs:

  • Possuem mais de 5 palavras;
  • Que não tenha hífens para separar palavras onde os espaços costumam ir;
  • Não inclui a frase-chave de destino.

Em seguida, atualize o link para que ele seja curto, use hífens como espaços e use a frase-chave de destino. Certifique-se de entender e configurar redirecionamentos nos links para não perder os backlinks que você já possuía.

6. Converta páginas em postagens e vice-versa

É um erro supor que sua próxima ideia de postagem deve ser uma postagem no blog e não uma página. Também é um erro supor que uma frase-chave deve ser segmentada em uma página em vez de em uma postagem no blog.

Por exemplo, digamos que você crie uma página para uma frase-chave de destino e, três meses depois, descobre que ela está na página 5 do SERP do Google.

Então você percebe que realmente não está oferecendo nada de exclusivo em comparação com o que está na página 1. Não há postagens longas para essa frase-chave no SERP.

Se você criar uma postagem de blog de formato longo (e redirecionar essa página para ela), o Google poderá premiar você com o primeiro lugar, porque você trouxe algo novo para os pesquisadores.

7. Obtenha mais avaliações online

Os comentários e avaliações referentes ao seu negócio e ao seu site podem afetar a classificação dele de várias maneiras:

  • Ajuda o seu site a ser escolhido nas pesquisas do Google Maps (para análises do Google Meu Negócio);
  • Mostra ao Google que sua empresa e seu site são de alta qualidade e confiáveis.

Mesmo que você não tenha uma empresa local, os comentários ajudam a sua autoridade de domínio. Peça aos clientes para deixar uma avaliação em sites como Google, Yelp e Trustpilot.

8. Altere a arquitetura do seu site

Quando foi a última vez que você revisou a arquitetura do seu site? Ainda faz sentido? É tão útil quanto poderia ser?

Muitas vezes, o que acaba acontecendo é que continuamos adicionando páginas ao nosso site ao longo do tempo, sem considerar realmente como elas fluem juntas.

Você não precisa necessariamente sofrer uma reformulação completa do site para melhorar a arquitetura e ver um aumento nas conversões. Em vez disso, considere o seguinte:

  • Organize seu menu com subpáginas;
  • Atualize a estrutura de páginas e subpáginas;
  • Remova páginas sem classificações de pesquisa e poucas sessões (verifique as sessões e o envolvimento antes em ferramentas como o Google Analytics);
  • Adicione novas páginas com base na pesquisa de clientes.

9. Melhore seus links internos

Links internos são aqueles que apontam de suas postagens e páginas para outras postagens e páginas do seu site. Seu site provavelmente não possui tantos links internos quanto poderia. Porém, eles são ótimos para a experiência do usuário, SEO e, além disso, para a classificação do seu site.

Crie uma planilha com todo o seu conteúdo, não apenas posts, mas também páginas. Volte para o conteúdo mais antigo e vincule-o a alguns dos conteúdos mais recentes. Além disso, revise seu conteúdo mais recente para ver se você deve adicionar alguns links ao conteúdo mais antigo.

Veja também: Link Building: o que é e técnicas para o SEO do seu site

10. Obtenha backlinks para seu site

Você também pode obter backlinks publicando em outros blogs como convidado e incluir o link do seu site.

Ser um convidado em um podcast é outra maneira de obter backlinks de alta qualidade para o seu site, já que a maioria dos hosts de podcast inclui um link para o seu site, ou até mesmo uma oferta gratuita nas notas do programa.

Descubra quais são os melhores blogs ou podcasts em seu nicho, encontre os endereços de e-mail e entre em contato com um discurso inteligente e personalizado.

Fonte

Comentários

Este artigo não possui comentários