Como escrever a descrição do seu produto para aumentar as vendas

Como escrever a descrição do seu produto para aumentar as vendas

A descrição de um produto é o que explica o que é aquele produto e por que vale a pena comprá-lo. O objetivo da descrição é fornecer aos clientes informações importantes sobre os recursos e benefícios do produto, para que surja maior interesse na compra.

No entanto, empresários e profissionais de marketing são suscetíveis a um erro muito comum que surge ao escrever descrições de produtos: descrição de produto que simplesmente descreve o produto.

Por que isso está errado? Ótimas descrições não são apenas distribuidoras de informações prontas para os mecanismos de pesquisa (embora a otimização de mecanismos de pesquisa não possa ser uma reflexão tardia, é claro). Mas, como escrever a descrição de um produto para aumentar as vendas? Citamos algumas maneiras simples para convencer os visitantes da sua loja virtual:

1. Concentre-se no seu público-alvo

Quando você escreve a descrição de um produto com uma enorme multidão de compradores em mente, sua descrição se torna incomum e você acaba não abordando ninguém.

As melhores descrições de produtos direcionam seu público-alvo diretamente e pessoalmente. Você faz e responde perguntas como se estivesse conversando com as pessoas. Você escolhe as palavras que seu comprador ideal usa.

Quando se trata de escrever suas próprias descrições de produtos, comece imaginando o seu comprador ideal.

  • Que tipo de humor ele ou ela aprecia (se houver)?
  • Que palavras ele usa?
  • Que palavras ele odeia?
  • Que perguntas ele faz para você responder?

Considere como você falaria com seu comprador ideal se estivesse vendendo seu produto pessoalmente. Agora, tente incorporar isso ao seu site para que você possa ter uma conversa online semelhante.

2. Mostre os benefícios

Quando vendemos nossos próprios produtos, ficamos entusiasmados com as características e especificações de cada um. Vivemos e respiramos nossa empresa, nosso site e nossos produtos.

O problema é que nossos clientes em potencial não estão tão interessados em recursos e especificações. Eles querem saber o que há para eles e como resolverá seus problemas.

Portanto, considere o benefício de cada um dos seus recursos.

  • Como o seu produto faz com que seus clientes se sintam mais felizes, mais saudáveis ou mais produtivos?
  • Quais problemas e aborrecimentos o seu produto ajuda a resolver?

Veja também: Como encontrar o preço ideal para seus produtos?

3. Evite algumas frases

Quando estamos presos a palavras e não sabemos mais o que adicionar à descrição do produto, geralmente adicionamos algo sem graça como “excelente qualidade do produto”.

Essa é uma frase “sim, sim”. Assim que um potencial cliente lê “excelente qualidade do produto”, ele pensa, “sim, sim, é claro; é o que todo mundo diz”. Já ouviu alguém descrever a qualidade de seu produto como média, não tão boa ou até ruim?

Você fica menos persuasivo quando seu potencial cliente lê a descrição do produto e começa a dizer sim, sim a si mesmos. Para evitar essa reação, seja o mais específico possível.

4. Justificar usando superlativos

Os superlativos (elogio exagerado) não são bem vindos, a menos que você prove claramente por que seu produto é o melhor, o mais fácil ou o mais avançado.

Por exemplo, a Amazon explica por que o Kindle Paperwhite é o leitor de e-books mais avançado do mundo.

“A luz incorporada patenteada ilumina uniformemente a tela para fornecer a experiência de leitura perfeita em todas as condições de iluminação”

A palavra patenteada dá ao leitor a impressão de que isso é algo especial. Então, a Amazon continua citando várias porcentagens para mostrar por que o Paperwhite tem melhor contraste e resolução brilhante:

Paperwhite possui 62% mais pixels de resolução incomparável;
Contraste 25% melhor para texto nítido e escuro
.

Se o seu produto é realmente o melhor, forneça uma prova específica do porquê. Caso contrário, insira um depoimento de um cliente que diz que este produto é o mais maravilhoso que já comprou.

Veja também: Otimize seu atendimento ao cliente no e-commerce com 4 dicas

5. Seduza com palavras sensoriais

As palavras sensoriais aumentam as vendas porque envolvem mais poder de processamento cerebral.

Adjetivos são palavras complicadas. Muitas vezes, eles não adicionam significado às suas frases e é melhor excluí-las. No entanto, adjetivos sensoriais são palavras poderosas, porque fazem seu leitor experimentar seu produto durante a leitura.

Deslumbre seus clientes com descrições vívidas de seus produtos. Use nas descrições palavras como aveludadasuavenítida e brilhante.

Encante seus visitantes com descrições sedutoras e agregue mais credibilidade aos seus produtos 😉

Fonte

Comentários

Este artigo não possui comentários