WordPress

WordPress 5: Tudo o que você precisa saber

WordPress 5: Tudo o que você precisa saber

O WordPress 5 foi lançado e para isso é preciso saber algumas situações para melhoria antes de atualizar. Portanto citamos 5 pontos principais que podem servir para você:

1. Atualize a versão do PHP

PHP é a linguagem de script que alimenta o WordPress e todos os seus temas e plugins. Usar uma versão desatualizada pode causar conflitos que resultam em uma experiência com bugs.

A maioria dos plugins, temas e WordPress serão executados com um mínimo de PHP 5.6, pois são compatíveis com versões anteriores. Mas você não pode contar com software para ser compatível com versões anteriores.

A melhor abordagem é usar a versão do PHP com a qual um software foi projetado para um melhor funcionamento. Portanto, atualizando para o mais recente, o PHP irá acelerar o seu site. Além disso, as atualizações de segurança para o PHP 5.6 terminarão em breve, o que significa que o PHP 5.6 se tornará um passivo de segurança.

2. Atualizações dos plugins

Atualizar os plugins é sempre uma boa prática, porém, se tornou extremamente importante agora. Muitos autores de plugins do WordPress estão lançando novas versões que serão compatíveis com o WordPress 5.

Atualizando seus plugins primeiro contribui para uma atualização mais livre de bugs para o novo WordPress.

3. Decida se vai encenar seu site

Preparar um site significa criar uma cópia do mesmo e fazer as alterações na cópia. Existem Plugins para ajudá-lo a preparar seu site, como também serviços que hospedarão o site encenado em seus servidores, mantendo assim as alterações completamente separadas do seu site. Como uma alternativa, você pode organizar o site na sua área de trabalho.

Como sugestão, você pode preparar seu site em outro servidor ou diretório, onde as alterações feitas na cópia não retardarão seu site, e além disso, estará oculto e nenhum mecanismo de pesquisa o verá. Todas as alterações podem ser feitas com a confiança de que elas não afetarão seu site real.

Um dos plugins que podem ajudar é o WP Stagecoach, onde ele pode preparar e redesenhar um site WordPress inteiro, além de ser fácil de usar. Portanto, se você deseja testar, o WP Stagecoach é recomendável.

4. Plugins de Cache

Caso houver conflitos que podem estar relacionados a plugins, desempenho e ao cache, você pode observar o comportamento defeituoso que não é resolvido usando o Editor Clássico, portanto, considere esvaziar o cache e reduzir o JavaScript.

Na maioria das vezes isso não é considerado um bug, pois o esvaziamento do cache e a redução de todos os seus scripts são recomendados toda vez que um plugin, um tema ou o próprio WordPress é atualizado.

5. Atualize sem medo

Atualizando para a versão mais recente do WordPress pode parecer uma proposição assustadora, justamente por ser algo novo e possuir atualização em uma época de muitas compras.

Há boas razões para ter cuidado ao atualizar o WordPress. Assim, é útil abordar a atualização com um plano cuidadoso. Estar preparado com o conhecimento de erros comuns, como problemas de plugins de armazenamento em cache e como voltar ao editor clássico, pode ajudar a suavizar seu caminho.

Além disso, preparar seu site primeiro é uma consideração inteligente antes de empreender a atualização. Portanto, atualizando o WordPress, você pode conhecer novas ferramentas que podem lhe ajudar com seu site, consequentemente trazendo mais leads. 

Fonte 

Comentários

Este artigo não possui comentários